09 de Dezembro de 2015

Seminário sobre questões matrimoniais

Publicado por

Aconteceu na Diocese de Humaitá, entre os dias 20 a 22 de outubro, um seminário sobre questões matrimoniais, assessorado por Dom Sergio de Deus Borges, Bispo Auxiliar de São Paulo.
A temática trabalhada durante o encontro seguiu-se respectivamente:
Matrimônio – Sacramento
– A preocupação da Igreja em relação ao legado de Cristo – a doutrina
– A situação atual do matrimônio na sociedade;
– As diversas formas de uniões – razões e causas;
– Do abandono do modelo cristão/católico;
– Nossa situação local/ regional

Carta Apostólica “Mitisludex Dominus Iesus” – Moto Proprio do Papa Francisco
– Apresentação e aprofundamento feito por D. Sérgio
– Identificação dos fatores anulantes
– Orientação pastoral e confecção de um relatório solicitando a abertura de um Processo de Declaração de Nulidade matrimonial.
– Orientações práticas
– Importância do acompanhamento pastoral dos casos especiais.

Quanto ao Processo de Habilitação D. Sérgio acentuou a necessidade de usar o formulário da CNBB para os noivos que vão marcar a celebração do matrimônio, pois o mesmo abre espaço para um diálogo com o casal antes de celebrarem o casamento. Isso já é comum na maioria das dioceses brasileiras. Ter esse Processo de Habilitação arquivado na Secretaria paroquial é muito importante para o caso de pedido de declaração de nulidade.
O encontro teve a participação de 35 pessoas sendo: 02 bispos, 11 presbíteros, 03 diáconos (02 diáconos permanentes), religiosas e leigos. Participaram da Prelazia de Lábrea: D. Jesus Moraza, Diác. Geraldo Inácio e Pe. José Lauro Gonçalves.

12200708_1025037087560091_1498559715_n
Foi de grande proveito para todos os participantes; trouxe muitos esclarecimentos a respeito da Carta Apostólica.
O encontro seguiu-se com boa dinâmica, não só exposição, mas também debates em grupos sob ambiente muito fraterno e descontraído. A animação ficou a encargo de Dom Francisco, Bispo diocesano de Humaitá.

Pe. José Lauro

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.requerido

*

* *