12 de Novembro de 2019

Paróquia de Lábrea acolhe seu novo pároco

Publicado por

No último domingo (10) a Paróquia Nossa Senhora de Nazaré da Prelazia de Lábrea – AM acolheu em celebração solene de reinauguração da Catedral Prelatícia o seu novo pároco Frei Miguel Angel Peralta Soret.
O formoso templo de 108 anos está passando por sua terceira grande e significativa reforma devido a ação do tempo e dos cupins que vinham castigando a estrutura de madeira da cobertura e forro, além das infiltrações nas calhas e na torre. Toda a estrutura de madeira foi substituída por ferro e o forro por PVC. A catedral centenária também ganhou novas cores harmônicas deixando o interior mais aconchegante, além de retoques artísticos com a nova Via Sacra trabalhada em madeira; revitalização do altar e bancos do presbitério; revitalização das portas que ganharam detalhes em vidros; novos móveis para a sacristia; e a grande obra de arte que enche os olhos que vislumbram o novo painel do Cristo Crucificado trabalhado em madeira regional que foi um trabalho minucioso e caprichoso do Senhor Manoel Brito Lima que recorda com carinho que também trabalhou diretamente na reforma do ano de 1975 e no painel anterior há quase 45 anos atrás. A coordenação da comunidade ainda tem novos desafios nessa grandiosa reforma que serão passos a serem dados na troca do piso e renovação dos bancos, projetos para o próximo ano.


A população esperava ansiosa para a reabertura da Catedral que estava fechada pela segunda vez afim de dar continuidade aos trabalhos após o festejo da padroeira, e encontrou-se lotada de fiéis que queriam ver o resultado da reforma e prestigiar a posse do novo pároco que foi presidida por Dom Santiago Sánchez, bispo da Prelazia de Lábrea concelebrando com os freis Miguel Peralta e Ivanderley Ribeiro, e o padre diocesano José Nilson Santos.


Destaca-se que nesta celebração Dom Santiago também conferiu ao Frei Miguel a missão de Vigário Episcopal da Prelazia para auxiliar e ajudar na administração da mesma. O novo pároco é conhecedor da realidade da Prelazia, pois já morou nesta terra de missão por 25 anos servindo esta Igreja particular e foi condecorado em março de 2010 pela Câmara Municipal de Lábrea com o título de Cidadão Labrense pelos serviços prestados ao nosso povo. O mesmo estava morando há 09 anos em Guaraciaba do Norte – CE exercendo a função de pároco na Paróquia de Nossa senhora dos Prazeres.


Nesta celebração de reinauguração da Catedral e toma de posse do novo pároco aconteceu também a renovação dos compromissos dos Ministros da Palavra que auxiliam nas celebrações da paróquia.
Conheçamos um pouco mais da vida do novo pároco de Lábrea através de informações extraídas do site da Ordem dos Agostinianos Recoletos:
Frei Miguel Angel Peralta Soret veio como missionário à prelazia de Lábrea em outubro de 1988, na selva amazônica do Brasil. Em seus primeiros sete anos exerceu seu trabalho missionário na paróquia de Canutama. Daí se transferiu para a cidade de Lábrea, onde exerceu seu ministério durante treze anos. A princípio deu continuidade ao trabalho que se vinha fazendo. Dotado, porém, de uma intuição especial para identificar os problemas mais urgentes da população, incrementou o Centro Esperança; convencido de que o trabalho educativo das crianças, adolescentes e jovens é uma das melhores contribuições para que o povo, deprimido, um tanto resignado com sua sorte e com escassas iniciativas, fosse dando passos seguros para um verdadeiro progresso humano, cultural, laboral e social. Este missionário Agostiniano Recoleto também percebeu a urgente necessidade de socorrer ao faminto, para não ser cúmplices de sua miséria. Por isso pediu ajuda insistentemente a Espanha para a construção de um conjunto de casas, que possibilitaram uma morada digna a muitas famílias procedentes do interior da selva e que não tinham nenhum tipo de recurso. Em vista disto, e por sua generosa dedicação pastoral, é justo o reconhecimento que as autoridades de Lábrea lhe concederam.
Alguns dados pessoais:
Frei Miguel Ángel Peralta Soret nasceu em Villafranca de Navarra (Espanha) no dia 30 de março de 1953; professou na Ordem dos Agostinianos Recoletos: profissão simples em Monteagudo (Espanha): 13 de agosto de 1972, profissão solene: Marcilla (Espanha): 19 de outubro de 1975; ordenação sacerdotal: Em Marcilla (España), aos 11 de julho de 1976.
Estudos: Lodosa (Navarra), 1963-1966; Valladolid, 1966-1969; Filosofia: Fuenterrabía-Guipúzcoa, 1969-1971; Noviciado: Monteagudo, Navarra, 1971-1972; Teologia: Marcilla, Navarra, 1972-1976. Valladolid: Escola de Professores- Magistério (Filologia Inglesa 1980-1983); Licenciatura em História Contemporânea (Universidade de Valladolid-1984-1987).
Locais de residência: Lodosa-Navarra 1976-1977; Valladolid 1977-1988; Canutama, Amazonas: 1988-1997 Lábrea, Amazonas: 1997-2010; Tapauá, Amazonas: 2010-2015; Guaraciaba do Norte, Ceará: 2015-2019.

TEXTO: Marcelo Viana
IMAGENS: Orly Côco

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.requerido

*

* *