15 de Abril de 2014

Mensagem Pascal de D. Jesus Moraza

Publicado por

Prezadas irmãs e irmãos:

Graça e paz!

Jesus ressuscitou! Aleluia!

Celebrar a Páscoa é celebrar a recuperação da vida em plenitude que Jesus conseguiu para nós.  Páscoa, passagem para a libertação. Libertação que Jesus nos conquistou! Celebrar a Páscoa é celebrar o Cristo que vive para sempre no meio de nós infundindo em nós sua energia vital.

Páscoa é alegria! Celebrar a Páscoa é intuir com gozo que o Ressuscitado está no meio de nossas pobres coisas apoiando sempre tudo que é bom para nós; ficando perto de nós como consolo permanente e misterioso quando choramos; perto de nós para sentirmos sua força nos momentos de fracasso e impotência; perto de nós acompanhando-nos quando as depressões e a solidão nos abrumam; perto de nós para perdoar-nos quando os nossos pecados e infidelidades tiram a nossa paz…

Alegrai-vos! Nenhum ser humano está sozinho! Ninguém vive esquecido! Nenhuma queixa cai no vazio! Nenhum grito deixa de ser escutado! O Ressuscitado está conosco e em nós para sempre!

Você se sente só e perdido? Você sente vergonha de sua mesquinhez e seu pecado? Você se sente morto por dentro? Você se sente oprimido pelo peso da vida e a mediocridade do seu coração? Jesus ressuscitado é a tua esperança! Jesus ressuscitado enche o teu vazio! Fica com Ele! Vive com Ele e como Ele!

Felizes os que deixam penetrar em seu coração as palavras de Cristo: “Tende paz em mim. No mundo tereis tribulação, mas eu venci o mundo” (João, 16, 33).

Bom ouvir as palavras do nosso Papa Francisco quando nos convida à “alegria que traz o encontro com Jesus; a alegria dos que se deixam salvar por Ele, sendo libertados do pecado, da tristeza, do vazio interior, do isolamento”.(Evangelii Gaudium, 1)

Bom ouvir ao papa Francisco quando nos adverte do perigo de perder a alegria: “O grande risco do mundo atual é uma tristeza individualista que brota do coração comodista e mesquinho, da busca desordenada de prazeres superficiais, da consciência isolada. Quando a vida interior se fecha nos próprios interesses, deixa de haver espaço para os outros, já não entram os pobres, já não se ouve a voz de Deus, já não se goza da doce alegria do seu amor, nem fervilha o entusiasmo de fazer o bem”(Id. 2)

Caríssimas, caríssimos! Esse Jesus que se doou completamente por nós sofrendo perseguição e morte não é um fracassado! Ele ressuscitou! Ele venceu a morte! Ele venceu a tristeza! Ele nos incentiva a seguir seu exemplo colocando-nos, como Ele, a serviço dos outros. Nesse “SERVIR” está o segredo da felicidade de todo homem. Experimentemos a alegria de SERVIR!

Feliz Páscoa para todas e todos!!!

 

+Jesus Moraza

Bispo da Prelazia de Lábrea

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.requerido

*

* *