28 de Maio de 2014

Manifestações de fé na Paróquia Sta Rita de Tapauá

Publicado por

Duas expressivas manifestações de fé aconteceram na Paróquia Santa Rita de Tapauá.

A primeira coincidiu com o início dos Festejos da Padroeira da paróquia, Santa Rita de Cássia. Organizada pela paróquia, com a participação do Centro Esperança de Tapauá e de todas as escolas da cidade, para denunciar publicamente o Tráfico humano e exploração sexual, tema da Campanha da Fraternidade deste ano.

Além dos alunos do Centro Esperança (208) e os alunos de todas as escolas da cidade, devidamente uniformizados, um expressivo número de cidadãos se uniu à manifestação, incluídos o bispo, os freis e as irmãs. Cartazes de todo tipo expressavam a repulsa pelo desrespeito à vida e a necessidade de políticas públicas mais contundentes contra essa lacra do tráfico humano e a exploração sexual infanto-juvenil em nossa sociedade.

A outra foi durante toda a novena da Padroeira, mas, principalmente, com a procissão maciça do povo católico de Tapauá, no dia 22 de maio, testemunhando publicamente a sua fé cristã e a sua devoção à padroeira, representada pela imagem de Santa Rita, que “caminhou com seu povo e por seu povo”. Muitos testemunhos dos favores recebidos através da intercessão de Santa Rita, enriqueceram as celebrações que concluíram, após a procissão, com a Eucaristia campal na praça da Matriz, presidida por Dom Jesus, Frei Miguel Angel Peralta e Frei Efraim Cervantes.

Os cinco últimos dias da Novena a Santa Rita, além das celebrações litúrgicas, muito bem preparadas e participadas pelo povo, houve arraial durante as noites e competições esportivas, durante o dia, contando, com a rica participação dos esportistas de Canutama, que prestigiaram os festejos os últimos dias.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.requerido

*

* *