11 de Abril de 2015

Irmãs Agostinianas de Lábrea recebem visita da Madre Geral

Publicado por

A comunidade das Irmãs Missionárias Agostinianas Recoletas (MAR) de Lábrea recebeu entre os dias 12 a 23 de março a visita canônica da simpática e alegre Superiora Geral Irmã Myrian del Carmen Neira G.

Irmã Myrian é colombiana, e está no seu segundo mandato à frente da casa geral das Missionárias Agostinianas que fica em Madri (Espanha).

Durante sua breve estadia em Lábrea, além das atividades específicas da Congregação com as Irmãs ela visitou todas as capelas da Paróquia, e o que mais lhe chamou atenção é que gente simples do povo é quem fica responsável pelas chaves das igrejas e que inclusive a acolheram com muita alegria e disponibilidade. Na ocasião, visitou na Capela Nossa Senhora de Fátima o túmulo de sua Irmã de congregação, Ir. Cleusa, que entregou sua vida pela justiça e pela paz em nossa Prelazia, cuja memória neste ano celebramos os 30 anos de seu martírio.

Visitou também na Escola Santa Rita, escola que foi fundada pelas Irmãs Agostinianas e está sob suas responsabilidades, mesmo que conveniada com o governo do estado, o quarto de Irmã Cleusa, além do “museu” onde estão expostos objetos pessoais que lhe pertenceram.

2

3A

3B

Entre outras atividades a madre geral visitou o projeto Centro Esperança de Lábrea e aproveitou para abraçar os pais e familiares da noviça labrense Francisca Malveira, que está no noviciado das Irmãs Agostinianas na Colômbia.

4

Domingo (15), festa de aniversário natalício de Ir. Itárica Zandonadi, as Irmãs celebraram com um almoço em sua residência tão grande dádiva, recebendo como convidados os freis agostinianos, os Irmãos Maristas e o coordenador de Pastoral da Prelazia.

5A

5B

5C

Irmã Myrian participou da missa da Infância e Adolescência Missionária, que acontece mensalmente na Catedral de Lábrea no terceiro domingo pela manhã e também participou da novena e festividades de São José, da qual ela se encantou bastante com a riqueza estrutural da novena e a resposta fervorosa do povo.

Na quarta-feira (18), reuniu-se com algumas pessoas para falar sobre o processo de beatificação de Irmã Cleusa, onde partilhou de suas esperanças na possibilidade de que com o Papa Francisco o processo siga adiante, uma vez que o mesmo conhece a nossa realidade, diferentemente dos outros papas e cardeais. Ressaltou que nesta causa “uma janela é que sua memória (de Ir. Cleusa) está viva no meio do povo”, por isso pediu que se preparassem materiais para a causa quando Roma pedir. Todos os registros possíveis serão importantes. De momento, os convidados foram encarregados de redigir um testemunho pessoal sobre Irmã Cleusa, partindo de questionamentos pertinentes e relevantes para a causa.

6A

6B

No domingo (22), as Irmãs saíram pelo rio e visitaram a aldeia “Ilha Verde”, no rio Ituxi, onde puderam também ver a situação da cheia do rio que tem desabrigado várias famílias. Pela noite participou da comemoração antecipada do aniversário do bispo D. Jesus Moraza com alguns representantes das comunidades, pastorais e serviços.

Irmã Myrian viajou na segunda-feira (23), seguindo para Fortaleza (CE) e Itabuna (BA), onde também realizará visita canônica às comunidades das Irmãs Agostinianas que estão atendendo nessas localidades. Que Deus abençoe a vida, vocação e missão de Irmã Myrian nesta árdua seara do Senhor. Sem dúvida nenhuma foi um prazer imenso acolhê-la em nosso meio com tão grande simpatia e presença de Deus.

Marcelo Viana – Coordenador do COMIPA/LÁBREA

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.requerido

*

* *

1 Comentários

sigliane

Fiquei felize de saber por meio dessa matéria que será reaberto o processo de beatificação de irmã Cleusa que Deus conceda está graça pois ela fez muito pelos menos favorecidos entregando até mesmo a própria vida em favor dos irmãos
Gostei de rever também a Ir.Itarica que foi minha formador aqui na comunidade de Manaus se puder de um abraço nela por mim
No mais muito obrigada