21 de Agosto de 2016

Cremos que os laços maternais no céu se tornam canção

Publicado por

Assunção de Nossa Senhora: Maria na glória do Filho Bem Amado.

assuncao

Nesta solenidade comtemplamos o Filho que acolhe sua mãe em sua glória. Glória esta manifestada no altar da Cruz, onde a ternura vence o ódio, onde graça vence o pecado. No silêncio deste mistério contemplamos também aquela que amamentou Aquele que agora aleita a humanidade na abertura do seu Sagrado Coração.

Esta subida ao céu na força da Ressurreição do Bem Amado foi concedida à Nossa Senhora que desde o dia da Anunciação, com seu sim, garantiu seu visa celestial, pois sua resposta abriu caminho para Trindade que desceu para elevar a humanidade criada no amor, mas perdida na vaidade.

Cremos que os laços maternais no céu se tornam canção e intercessão pela esposa do Filho, a Igreja que em sua universalidade abraça a humanidade, que luta contra o dragão que deseja impedir a “assunção” daqueles que foram redimidos pelo Filho.

Este Filho que foi cuidado e acariciado, agora pastoreia e cuida do rebanho. Em sua memória a primeira missão, ainda no ventre, atravessando vales e subindo montanhas, para alegrar uma humanidade com rosto de Izabel, concedendo uma fecundidade que esmaga toda esterilidade.

Por pe. Éder Carvalho Assunção Missionário da Prelazia de Lábrea no Corno da África [email protected]

1ª Leitura – Ap 11,19a; 12,1-6a.10ab

Salmo – Sl 44(45),10bc.11.12ab.16 (R. 10b)

2ª Leitura – 1Cor 15,20-26.28

Evangelho – Lc 1,39-56

 

 

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.requerido

*

* *