09 de Agosto de 2015

Aquilo que o inquieta o torna artesão. Aquilo que o desconcerta o leva a contemplação.

Publicado por

Ter fome e sede é próprio de todas as criaturas. Somente o ser humano é capaz de ter fome e sede do Transcendente, daquilo que está além, “que não” se vê e “que não” se apropria. Porém, pode-se degustar o “já ainda não” daquilo que não é palpável, mas contraditoriamente, satisfaz.

Assim o ser humano se lança nas construções culturais repletas de verdade, de beleza e de bondade. Aquilo que o inquieta o torna artesão. Aquilo que o desconcerta o leva a contemplação. Tudo isso é bom.

Um perigo: se contentar com as obras das próprias mãos e abandonar a sede e a fome do Transcendente que o faz criar e recriar.

No caminho, como Elias, sentimos a fatiga, a exaustão. O caminho iniciado encanta e desgasta, anima e amedronta. Assim, as pausas se fazem necessárias nas sombras de nossas memórias afetivas e, mesmo que elas nos levem a pensar que “já combatemos o bom combate” os anjos nos alimentam e nos colocam de pé, numa espiritualidade pascal que nos faz caminhar, criar e recriar.

Um vento restaurador anima a peregrinação, ele unge e refrigera a alma, ele se torna visível em cada paisagem, em cada olhar, em cada abraço, no suor da superação, nas lágrimas da solidão… Ele se sacrifica em nós na construção da cultura da ternura e da beleza, do amor partilhado, do sangue derramado… ah tudo isso nos ensina a espiritualidade paulina.

Existem pausas e pausas… a mais restauradora e confortante se dá com Aquele que ainda “desconfiamos” – filho de um artesão e de uma poetiza… irmão de pescadores e dançarinas. O Senhor – “que não gera confiança” – contraditoriamente é o que mais confia… e por isso ele alimenta. Ele se dá com uma generosidade maternal. Ele sacia nossa fome de amor e nossa sede de paz.

Por pe. Éder Carvalho Assunção – Missionário da Prelazia de Lábrea no Corno da África padre.eder@hotmail.com

1Rs19,4-8 / Sl 33 / Ef4,30-5,2 / Jo6,41-51

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.requerido

*

* *