Leitura Orante: 1⁰ Domingo da Quaresma

Escapar das consequências da Pregação:
Eis aí a tentação que persegue o ser que deseja ser,
Alguém de bem-querer Naquele que é a alegria do ser.

Na aridez do deserto o essencial retoma seu espaço,
Ontem usurpado pela loucura do barulho que deveria ser escasso,
Este impede a harmonia do ser na odisseia de ser luz num contexto conturbado.

O Espírito leva, Cristo ensina, o Pai ampara,
Na batalha da vida dum mundo tentador e gladiador.
Desperta-se a criação nova, pacifica-se o selvagem interior, preparando para o convívio exterior.

A tentação tem sua artimanha, entretanto a memória da Aliança,
Pulsa mais forte que as amarguras da idolatria,
Logo a arca se faz ao largo e arco se faz no céu, a ternura se faz troféu.

Quaresma se faz assim, a tentação pode até ser ruim,
Porém a “virtude da Ressurreição” a envergonha com delongas,
Pois a transformação do ser que ama se torna presente em cada superação.

Jesus aponta o Reino e pede conversão, fraternidade e diálogo, unidade.
Noé se lança numa construção e navega, lança aves, e com confiança, espera.
Pedro apresenta a boa consciência que ensina a “não escapar das consequências da pregação”.

Por Pe. Éder Carvalho Assunção
Missão Cuxiuara
Uma leitura orante da liturgia da Palavra – 1° Domingo da Quaresma B
Gn9,8-15 / Sl24 / 1Pd3,18-22 / Mc 1,12-25
#missaocuxiuara
Prelazia De Lábrea Cuxiuara Missão

COMPARTILHE:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

AJUDE
A PRELAZIA

X