Encontro de Leigos e Leigas da Prelazia de Lábrea

O Encontro tem como objetivo despertar os Leigos e Leigas da Prelazia de Lábrea para o protagonismo batismal na missão evangelizadora da Igreja

Confira a reflexão sobre o Laicato:

Reflexão sobre o laicato é “fascinante”, diz dom Severino Clasen

O bispo de Caçador (SC), dom Severino Clasen, tratou hoje, dia 5 de maio, durante entrevista coletiva, como “fascinante” a reflexão sobre o laicato. Ele preside a Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato daConferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e a Comissão para o tema prioritário da52ª Assembleia Geral, a atuação dos cristãos leigos e leigas.

 Dom Severino falou à imprensa do andamento da construção do texto de estudo sobre a atuação dos leigos, que recebeu sugestões de alteração durante as sessões da 52ª AG, e do interesse da Conferência no papel do laicato nas mudanças sociais. “É fascinante nós entrarmos no mundo da reflexão sobre o laicato no Brasil e no mundo e a CNBB tem uma preocupação especial em como somar forças na evangelização e na transformação da sociedade, despertando uma verdadeira consciência”, disse.

O texto de estudos que poderá ser aprovado durante a assembleia terá, de acordo com dom Severino Clasen, uma visão social. Falará de deficiências sociais como a falta de justiça, a corrupção, a miséria e a falta de coesão das religiões que não estão a serviço da sociedade.

Outra parte aborda uma visão mais crítica com relação às escrituras e estudos teológicos e sobre a Igreja. “Temos que olhar a questão teológica, eclesiológica, a caminhada do povo de Deus, um olhar crítico”, resumiu.

A última parte do documento de estudo trata das ações que o texto quer despertar, como serviços e trabalhos, “uma ação concreta de como o laicato pode e deve ser um agente de transformação e animação na Igreja, nas pastorais, nos serviços e na sociedade”, disse dom Severino.

O texto de estudos sobre a atuação dos cristãos leigos e leigas quer, de acordo com o bispo, buscar reestabelecer o sentido da vida e da existência. “Todo leigo cristão leigo e leiga tem um papel decisivotambém na Igreja, presente no seu testemunho de vida e coerência de se apaixonar por Jesus Cristo. E nesta paixão, neste amor, no seguimento a Ele, buscar também caminhos para transformar a sociedade”, afirmou.

A expectativa da Comissão Episcopal para o Laicato é que o texto aprovado seja enviado às bases para que, com novas contribuições, “saia um documento que seja a grande razão da presença dos leigos na Igreja e na sociedade”, disse dom Severino.

Voto consciente

Neste aspecto das ações, dom Severino apresentou a cartilha “Seu voto tem consequências: um novo mundo, uma nova sociedade”, produzida pelo Centro Nacional de Fé e Política “Dom Helder Câmara” (Cefep), pelo Conselho Nacional do Laicato do Brasil (CNLB), pelo Núcleo de Estudos Sociopolíticos da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (Nesp/PUC-Minas), pela Comissão Brasileira Justiça e Paz (CBJP) e pelo Instituto de Estudos da Religião. Para ele, essas ações devem estimular a participação do cristão na economia, na política, na cultura, na educação e no setor produtivo, emo que  acontece no contexto eleitoral.

 Fonte: cnbb.org.br

COMPARTILHE:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

AJUDE
A PRELAZIA

X