A missão é uma paixão por Jesus Cristo e, ao mesmo tempo, uma paixão pelas pessoas.

 

A missão é uma paixão por Jesus Cristo e, ao mesmo tempo, uma paixão pelas pessoas

Papa Francisco – Mensagem Jornada Mundial Missionária

Neste domingo, onde temos a oportunidade de celebrar a Missa pela Evangelização dos Povos, o Espírito Santo nos impulsiona a contemplar a natureza missionária da Igreja, como nos ensina o decreto Ad Gentes.

Quando falamos em missão, não podemos esquecer o encontro pascal de Maria Madalena com Jesus naquele Domingo sem ocaso. A alegria do reconhecimento do próprio nome da Voz do Seu Amado impulsionou a Maria, tão mal falada pelos outros, a ser a primeira testemunha do Ressuscitado. A alegria deste encontro pessoal foi tão grande que ela correu para anunciar.

Sendo assim, a missão não se resume numa atividade apostólica… ela comporta uma maneira de ser. Ela nasce no Coração da Trindade e perpassa o coração de todos os homens e mulheres de boa vontade que tiveram um experiência mística com o Sagrado, e por isso, sentem uma necessidade existencial de partilhar.

Com o coração unido ao Senhor em oração, com as mãos abertas num gesto de partilha incessante, com os pés que deixam rastros com perfume de caridade… assim, seguem os missionários e missionárias que se lançam na entrega eucarística diária. Estes amados que não se contentam somente em receber, amam da mesma maneira, de maneira louca e muitas vezes irracional que os levam a estar em lugares onde ninguém gostaria de estar. E tudo isso com alegria, sem reclamação, sem nada exigir, apenas se entregar e amar, pois eles tem a certeza que o “Senhor cumpre sua promessa de estar conosco todos os dias de nossa vida”.

Missionário é aquele que sente o bom perfume de Deus nos ambientes mais fétidos.

Missionário é aquele que está em paz meio a uma guerra.

Missionário é aquele que se sacia na abstinência voluntária.

Missionário é aquele que confia sem nada exigir.

Missionário é aquele que ama sem medida, com um “amor sem explicação”.

Missionário é aquele que faz do sofrimento do outro o seu altar eucarístico de cada dia.

Missionário é aquele que se reconhece como Madalena, pecador e humanamente a “última opção do Senhor”.

Missionário é aquele que reconhece suas fragilidades e se faz obediente ao Espírito o grande protagonista da Missão.

Rezando com esta liturgia, me veio a mente a história de pe. Paolino Baldassari, Missionário do Acre, do Iaco, do Purus… dos Povos da Amazônia. Sua vida tem gosto de fraternidade. Sua história exala os melhores perfumes da Missão. Sua fragilidade expressa a Fortaleza de Deus. Confira o link abaixo:

http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2015/04/1616284-na-amazonia-ha-55-anos-padre-atende-pacientes-com-medicina-da-floresta.shtml

Não se esqueça de fazer sua oferta material neste dia. Todas as comunidades católicas do mundo inteiro enviam suas coletas para Roma, onde o Papa com os seu colaboradores, discernirão como ajudas as obras missionárias-humanitárias nos lugares mais pobres do planeta.  

Leitura Orante

At 1,3-8 / Sl / ITm2,1-8 / Mt28,16-20

por pe. Éder Carvalho Assunção Missionário da Prelazia de Lábrea no Corno da África  [email protected]

COMPARTILHE:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

AJUDE
A PRELAZIA

X