A Comunidade “Missão Resgate” e a vida missionária em Lábrea

Desde 5 de dezembro de 2010 a Comunidade “Missão Resgate” da Diocese de Crato, se faz presente na Prelazia de Lábrea centrando suas atividades pastorais na Paróquia São João Batista de Canutama.
Três missionárias Leigas, Alane Ferreira Neves, Rosilene Lujolina de Araujo e Raquel do Carmo Santos, acompanhadas do Moderador Geral, o Sr. Geraldo Correia Braga Filho, iniciaram suas atividades, tentando formar equipe com o novo padre da paróquia, também vindo de Crato, o P. Francisco das Chagas e com as forças vivas da Paróquia.

6O primeiro ano de missão foi mais dedicado ao conhecimento da realidade do local, seus costumes e sua cultura (Encarnação, como pedia Santarém), a pedido do Bispo Dom Jesus que orienta todos os missionários que aqui chegam vindos de uma realidade totalmente diferente da realidade Amazônica: “Não podemos chegar querendo mudar tudo de acordo com a minha maneira e a minha cultura é preciso ver, ouvir e calar, e só depois de um ano, posso atuar com uma visão melhor”. Essas foram e são as três palavras chaves que acolheram da voz do pastor para a missão, na esperança de colher bons frutos para o Reino de Deus. Para compreender melhor a realidade da Igreja local, participaram de um curso de Formação para Missionários da Amazônia em Porto Velho – RO.

Em Novembro de 2012, a Prelazia de Lábrea na pessoa do Bispo Dom Jesus Moraza Ruiz de Azúa fez um convênio de colaboração missionária com a Comunidade Missão Resgate através do seu Moderador Geral, o Sr. Geraldo Correia Braga Filho, válido por três anos podendo ser renovado em comum acordo entre as partes. A Comunidade se compromete a colocar à disposição da Prelazia cinco missionárias, onde as mesmas estarão disponíveis para assumirem os desafios Pastorais que a Igreja local enfrenta: Promoção Social, Saúde, Catequese, Pastoral familiar, Pastoral da Criança, animação das Comunidades Eclesiais de Base, entre outros, conforme as orientações da CNBB e Diretrizes Gerais da Igreja Local. Como também em formar agentes de Pastoral, organizando encontros de Formação permanente, bem como articular os agentes nas diversas Pastorais existentes na Prelazia de Lábrea; elaborar, executar e prestar contas de eventuais projetos essenciais ao desenvolvimento dos trabalhos pastorais.

Primeiras missionárias: Raquel, Rosi e Alane.
Primeiras missionárias: Raquel, Rosi e Alane.

A missionária Rosilene, desde a sua chegada a 5 de dezembro de 2010 até a sua saída a 4 de fevereiro de 2014, prestou relevantes serviços como Secretária e Tesoureira Paroquial acompanhando mais de perto as Pastorais, os Conselhos Comunitários, como também, apresentando programas de Rádio, evangelizando pelos meios de comunicação social. Acompanhou em (2011 – 2012), a segunda comunidade ribeirinha que fica a baixo do Rio Purus: Belo Monte, juntamente com a equipe missionária formada pelos agentes de Pastoral da Paróquia. Trabalhou com as seguintes Pastorais nessa Comunidade: Catequese, MECE, Pastoral da Criança, Pastoral Litúrgica, Pastoral da Juventude, Dizimo, Conselho Comunitário e Legião de Maria. Esta visita missionária acontecia mensalmente, além das visitas feitas pelo Padre Henrique com outra equipe missionária da Paróquia, realizando as “desobrigas”.

As missionárias Alane e Raquel acompanharam mais de perto as Comunidades Ribeirinhas: 19 comunidades na parte de cima e 20 na parte de baixo do Rio Purus, levando amizade, compreensão e amor, ajudando essa porção do povo de Deus a vivenciarem com mais amor a Palavra e a Eucaristia. Acompanharam as Pastorais e os Conselhos Comunitários das Comunidades da sede. Em 2013 a missionária Alane passou também a evangelizar através das ondas do Rádio. Em Julho de 2012, a missionária Raquel finaliza a sua missão e retorna para sua Diocese de Crato. Também a missionária Alane retorna a Crato nos primeiros dias de julho de 2014.

Rejane, Ana Maria eEdienne
Rejane, Ana Maria, Alane e Edienne

Em Dezembro de 2012, chegaram às novas missionárias Edienne Mendonça, Ana Maria Pereira e Juliana de Jesus, decididas a abraçarem os desafios da Igreja local. Em Maio de 2013, por motivo de saúde, a missionária Juliana de Jesus teve de retornar a Crato para tratamento.

Em Janeiro de 2014, chega a Canutama uma nova e ardorosa missionária, Rejane Brito, com o profundo desejo de mergulhar profundamente nesta missão ajudando a todos que precisam.

Atualmente são três as missionárias que permanecem na Paróquia São João Batista de Canutama: Edienne Mendonça, Ana Maria Pereira e Rejane Brito.
Deus abençoe e guarde as missionárias da Comunidade Missão Resgate para que, encarnadas na realidade local, possam ser instrumentos de libertação, fiéis à vontade de Deus no meio do povo.

Dom Jesus Moraza – Bispo da Prelazia de Lábrea

3

MIssionária Juliana - saiu para tratamento.
MIssionária Juliana – saiu para tratamento.

COMPARTILHE:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

AJUDE
A PRELAZIA

X